+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

BARBOSA JÁ DENUNCIAVA LEWANDOWSKI POR TENTATIVA DE OBSTRUÇÃO

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL 

Assista a seção do STF no julgamento do ESCÂNDALO DO MENSALÃO, relativo á AÇÂO PENAL 470.

O ex-ministro Joaquim Barbosa e o atual presidente do STF, Ricardo Lewandwski, travaram uma grande discussão, esquentando o clima dentro do plenário do STF.

Várias acusações e troca de farpas, fogo cruzado e tempestivo denunciaram ao Brasil como funciona o STF na prática.

AÇÃO PENAL 470 - ESCÂNDALO DO MENSALÃO

Em 28 de agosto de 2007, depois de cinco dias de debates entre defesa e acusação, o Supremo Tribunal Federal decidiu abrir processo criminal contra os 40 denunciados pela Procuradoria Geral da República de envolvimento no escândalo do mensalão.

A decisão foi considerada histórica, uma vez que as ações incluíam três ex-ministros do governo Lula, ex-integrantes da cúpula do PT, além de deputados e empresários.

No dia 18 de setembro de 2013 acabou mais um capítulo da Ação Penal sob n.º 470, conhecida como ESCÂNDALO DO MENSALÃO, e para muitos não teve um final feliz.

Com placar apertado foram aceitos os Embargos Infringentes, beneficiando 12 dos 25 réus, com uma reanalise de um dos crimes, a formação de quadrilha.

No vídeo, o ex-ministro Joaquim Barbosa reafima por várias vezes que o atual presidente do STF, Ricardo Lewandowski, atuou para OBSTRUIR o julgamento, plantando dificuldades propositais para beneficiar os réus ligados ao PT, acusados de corrupção.

Assista o vídeo e tire sua conclusões.

TV DO CENTRO
DO TAMANHO DO BRASIL
07.07.16