+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

VIATURAS DE POLÍCIA PARADAS CONTRIBUEM PARA O AVANÇO DA CRIMINALIDADE

VIATURAS DE POLÍCIA PARADAS CONTRIBUEM PARA O AVANÇO DA CRIMINALIDADE

INSEGURANÇA PÚBLICA

As imagens que você vê, são o retrato exato do que é a Irresponsabilidade da Polícia Militar do Estado do Piauí e do desgoverno do estado, na gestão do petista W.Dias/PT/PI.

Nos estados Unidos, quando um bandido é preso, uma das primeiras orietações que o agente policial dá a ele é: "O senhor tem direito de permacer calado....".

Mas na ótica da segurança pública piauiense, quem deve permanecer calado é cidadão de bem que exige mais segurança, por conta dos impostos que são pagos para tal fim, e não o bandido.

No conceito de certos agentes policiais, quem deve permancer calado é o trabalhador que sai cedo para trabalhar e só volta de noite em casa, correndo riscos de ser abordado por meliantes, exatamente pela omissão, negligência e incompetência de gestão administrativa e coorprativa, quando o assunto é a qualidade e efetividade nas ações de PATRULHAMENTO OSTENSIVO, REPRESSIVO E PREVENTIVO.

O cidadão se sente impotente quando vai até uma delegacia ou a um Batalhão de Policia Militar, reclamar da onda de assaltos em seu bairro, e ainda, da ausência de monitoramento das vias públicas por meio da presença da Polícia Militar nas ruas e avenidas da cidade.

E o motivo do sentimento de impotência das pessoas de bem com seus direitos constitucionais de contribuintes que são, tem a sua origem nas inúmeras desculpas informadas pela  boca dos próprios agentes de polícia.

Todos os dias a cena é a mesma, mais de 10 viaturas policiais ficam estacionadas no pátio do 6º Batalhão de Polícia Militar na região Sul de Teresina, potencializando ainda mais o avanço da criminalidade já sem controle, na capital piauiense. 

Enquanto isso, criminosos de alta periculosidade estão a vontade pelas ruas e avenidas de Teresina, principalmente nas áreas escolares, usando armas de uso restrito, e contanto com a "FALTA DE EFETIVO POLICIAL" nos Batalhões, o que assegura o pleno sucesso das ações criminosas.

Sistematicamente, as organizações criminosas do Piauí, planejam suas ações delituosas de acordo com a fragilidade ou vulnerabilidade da Polícia Militar Piauiense, que sempre tem uma desculpa para não assumir sua culpa e irresponsabilidade diante suas obrigações descritas no artigo 144 da constituição federal de 1988. 

A Polícia Militar é denominada pelo artigo como: "APARELHO DO ESTADO", que tem o seu Dever de Ofício focado em proteger a tranquilidade da sociedade de bem, assegurando a LEI e a ORDEM PÚBLICA, e como tal, cumpre a sua Função Existencial de acordo com a devida remuneração paga por meio de recursos públicos, arrecadados na cobança dos impostos pagos pela sociedade de bem.

Já não é de hoje que o termômetro da INSEGURANÇA PÚBLICA na capital piauiense, vem sendo medido pelo número alarmante de homicídeos, assaltos, arrombamentos, furtos,sequestros, explosões de agências bancárias, assassinato de políciais, interceptação e explosão de carros fortes, entre tantos outras desordens públicas, que poderiam ser evitadas se as FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA parassem de reclamarou de ser manipuladas, e partir disto, assumissem um compromisso sério com sua função social dentro da sociedade.

A Polícia Militar do Estado do Piauí é PAGA e muito bem PAGA,  para cumprir o seu Dever Constitucional a risca, independentemente se "enchuga gelo", se "o governador do estado de forma proposital ou não, vem se esquivando de realizar concursos públicos ou efetivar concursados", se "a polícia prende e o bandido volta para as ruas por ordem de um delegado ou de um juiz", etc...,etc... etc...

Tais desculpas pode-se ouvir da boca de vários agentes policiais, mas nunca um cidadão piauiense ou não, terá a satisfação de poder contar com um Comando de Polícia Militar focado em SOLUÇÕES PRÁTICAS, capazes de ULTRAPASSAR cada obstáculo, e por conta disto, a PM segue desmotivada, sem estimulos, sem autostima, agindo apenas depois das VIAS DE FATOS acontecerem(TRAGÉDIAS OU CRIMES). o que se torna hipocrisia.

É preciso sistematizar ações PREVENTIVAS E REPRESSIVAS em prol da LEI e DA ORDEM PÚBLICA, para toda uma sociedade afrontada pelas ORCRIMS.

Portando, o Portal do Centro alerta o Ministério Público Estadual e Federal, Associações de Moradores, Empresários e Lojistas e a população de modo geral, que a INSEGURANÇA PÚBLICA avançará mais ainda, expondo todas a CLASSES SOCIAIS DE BEM, ao infortúneo das abordagens criminosas com eminente risco aos direitos constitucionais que é a VIDA E A LIBERDADE.

O motivo: "Não há EFETIVO POLICIAL para pormover a SEGURANÇA PÚBLICA no Centro e nos bairros de Teresina, mas existe um Exército de policiais militares para dar segurança em manifestações, eventos, autarquias públicas e em escolas da Vila da Paz."

Ou seja, o serviço de promoção da SEGURANÇA PÚBLICA por meio do APARELH0 DO ESTADO tornou-se seletivo, chegando-se ao ponto de ter que enviar um requerimento aos Batalhões para solicitar o que já é um DIREITO CONSTITUCIONAL do cidadão.

E diga-se de passagem, que é de uso exclusivo o DIREITO À VIDA E À LIBERDADE para po cidadão de bem que produz as riquezas do estado, e não para criminosos que subtraem, matam e roubam.

Alertamos que o avanço da INSEGURANÇA PÚBLICA tem suas origens na CORRUPÇÃO SISTÊMICA, pois IMPOSTOS JÁ FORAM PAGOS pelos CONTRIBUINTES para dar manutenção às FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA.

O que não justifica em hipótese alguma que a sociedade aceite correr riscos desnecessários por causa da falta de COMANDO DA PM, que se arrasta  ano a ano e de comando em comando com as mesmas desculpas esfarrapadas.

Pais e alunos, escolas da rede municipal,estadual e particular de ensino já viraram alvos em potencial da ação criminosa das ORCRIMS, que se deleitam na PROGRAMAÇÃO MENTAL NEGATIVA da PM.

Portando, se não há organização da PM para combater a criminalidade de forma OSTENSIVA, REPRESSIVA E PREVENTIVA, garantindo à sociedade a sua incolumindade, por meio de uma postura firme, propósito lógico e compromisso com sua FUNÇÃO PÚBLICA, então sairá mais barato extinguir tais Instituições que para nada servem à sociedade. a qual é covardemente constrangida e condicionada a permacer calada e impotente diante de seu DIREITO CONSTITUCIONAL.

Melhor será que a sociedade deixe de pagar impostos destinados em favor do "APARELHO DO ESTADO", e isso por meio de uma AÇÃO CIVIL PÚBLICA no judiciário capaz de isentar cidadãos, que sejam hábeis em organizar sua rua, seu bairro e sua cidade numa plataforma de monitoramento de SEGURANÇA PRIVADA, tal qual a que é feita nos Shoppings Center.

O que não pode mais, é a sociedade de bem pagar com a própria vida, o preço da incopentência, ingerência, omissão e negligência do estado do Piauí com o setor de SEGURANÇA PÚBLICA, o qual faz vistas grossas ou é conivente com tal situação de deixar viaturas policiais ociosas e sem função de uso para o justo combate a criminalidade.

Desafiamos o Ministério Público à visitar todos os Batalhões de Policia Militar do Estado do Piauí e não compravar tal situação, entre outras que publicaremos nas próximas matérias.

JORNAL DO CENTRO TERESINA/PI
DO TAMANHO DO BRASIL
04.04.16

 

CURTA NOSSA PÁGINA E RECEBA NOTÍCIAS EM TEMPO REAL

 

https://www.facebook.com/portaldocentroteresina.pi/