+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

URGENTE: MORO REVOGA PRISÃO DO EX-MINISTRO DA FAZENDA, GUIDO MANTEIGA.

URGENTE: MORO REVOGA PRISÃO DO EX-MINISTRO DA FAZENDA, GUIDO MANTEIGA.

PODER JUDICIÁRIO

O juiz Sergio Moro em decisão inesperada, revogou no início desta tarde desta quinta-feira(22.09.16), a prisão do ex-ministro da fazenda GUIDO MANTEGA.

Guido Mantega já está em liberdade condicional.

A decisão de Moro deu-se em decorrência do fato do ex-ministro ter sido preso quando acompanhava sua mulher em uma cirurgia no Hospital Albert Einstein, zona sul de São Paulo – fato do qual não sabiam o juiz ou a Polícia Federal.

Em seu despacho, Moro diz considerar que Mantega não oferece riscos para a "colheita das provas" procuradas pela OPERAÇÃO LAVA JATO.

No trecho do despacho, Moro explicou claramente o motivo de sua decisão: 

"Considerando os fatos de que as buscas nos endereços dos investigados já se iniciaram e que o ex-ministro acompanhava o cônjuge no hospital e, se liberado, deve assim continuar, reputo, no momento, esvaziados os riscos de interferência da colheita das provas nesse momento", disse Moro no despacho.

O  juiz Federal Sérgio Moro, sensibilizado com  o fato de que Mantega acompanhava sua mulher em um tratamento de saúde contra o câncer,  e dentro do hospital Albert Einstein, zona sul de São Paulo, onde esla seria submetida a uma cirurgia, oficializou a decisão de revogar a prisão de Guido Mantega.

Segundo informações preliminares, a esposa de Guido Mantega desenvolveu a doença desde 2011, seguindo rigoroso tratamento médico. 

Mantega foi preso pela POLÍCIA FEDERAL DO BRASIL na 34ª fase da OPERAÇÃO LAVA JATO denominada ARQUIVO X, ainda na portaria do hospital, após receber a ligação dos agentes que cumpriam o MANDATO.

A decisão de revogar a prisão foi tomada pelo juiz frderal Dr. Sérgio Moro, sem consultar o MPF/PR( Ministério Público Federal do Paraná) ou os delegados da Polícia Federal.

Moro diz que as autoridades responsáveis pela Lava Jato, não sabiam que a mulher de Mantega seria submetida a uma cirurgia nesta quinta-feira(22.09.16).

Em um novo trecho da decisão judicial do juiz federal Dr. Sérgio Moro, a justificativa clareia o entendimento.

Moro escreveu:

"Sem embargo da gravidade dos fatos em apuração, noticiado que a prisão temporária foi efetivada na data de hoje quando o ex-ministro acompanhava o cônjuge acometido de doença grave em cirurgia.

Tal fato era desconhecido da autoridade policial, MPF e deste juízo.

Segundo informações colhidas pela autoridade policial, o ato foi praticado com toda a discrição, sem ingresso interno no hospital", 

Em seu despacho preliminar, o Dr. Sérgio Moro escreveu:

“Com base nesses fatos e para preservar as buscas e apreensões, acolhi pedido do MPF para decretação da prisão temporária dele e de outros investigados. 

Moro diz que as autoridades responsáveis pela OPERAÇÃO LAVA JATO não sabiam que a mulher de Mantega seria submetida a cirurgia nesta quinta-feira(22.09.16)

PORTAL DO CENTRO
DO TAMANHO DO BRASIL
22.09.16
PODER JUDICIARIO

Um servidor púbico do Tribunal de Justiça Federal do estado da Bahia, por nome de Deusdedith Almeida do Carmo, está sendo investigado pela Polícia Federal, após incitar petistas a "matar" o juiz Federal Sérgio Moro.

Ele já é Réu em vários processos em andamento, e dentre eles um nos chama a atenção pelo enquadramento: Interdito Proibitório - Esbulho / Turbação / Ameaça, sob número 0506168-89.2013.8.05.0001 - 08/07/2015 do TJBA

A ameaça foi configurada após o servidor federal escrever em sua conta Fake no Twitter a seguinte incitação à um atentado contra a vida de Moro:"Chega de palhaçada de acreditar na democracia da direita. MATEM O MORO."

Segundo colegas de trabalho de Deusdedith, ele é conhecido dentro do TJF/BA como " ESQUERDISTA", por conta de apresentar convicções fanáticas à ideologias da extrema esquerda.

Não só ele, mas outros malucos por LULA, também passaram a ser investigado pela PF por práticas de disseminação do ódio, da incitação à violência e ameaças explicitas contra o Poder Judiciário Federal do Paraná, a Polícia Federal, os procuradores da república e toda a equipe da Lava Jato.

O Portal do Centro recebeu com exclusividade novas informações sobre os incitadores à atentados contra a vida de Sérgio Moro, das quais publicaremos a seguir.

O que se sabe claramente, é que a Militância Petista está sendo preparada para um grande Ataque contra tudo e Contra Todos nos proximos dias, o que poderá ocasionar um grande derramamento de sangue inocente, com intuito de defender LULA, que será preso pelo Juiz Sérgio Moro.

Grupos esquerdistas, asseclas de LULA, dependetes da corrupção sistêmica no Poder Central do Brasil se inflamaram ao extremo após o ex-presidente ser levado coercitivamente para prestar depoimento na Delegacia da Policia Federal no Aeroporto de Congonhas/SP, no último dia 04 de Março de 2016.

Provas cabais sobre a liderança de LULA em toda a corrupção Sistêmica no Poder Central do Brasil, já promovem um corre corre desesperador de políticos envolvidos em todo o Brasil.

Agido como um psicopata, Deusdedith é mais um militante comunista do baixo clero de LULA à apresentar sintomas de surto psicótico, mesmo com seu diploma em mãos de bacharel em direito pela Universidade Federal da Bahia, e sendo ainda, servidor do Judiciário Federal da Bahia..

Não se sabe quando ele será intimado pela Polícia Federal à prestar depoimento sobre seus atos, que beiram à um total descontrole emocional, condução à uma patologia psíquica e pena exemplar segundo o artigo 286 e 287 do Código Penal.

JORNAL DO CENTRO

08.03.16

SEU COMENTÁRIO FAZ A DEIFERENÇA

" />