+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

TERROR CONTRA BANCOS TERMINA EM FUGAS, MORTES E PRISÕES EM PERNAMBUCO

TERROR CONTRA BANCOS TERMINA EM FUGAS, MORTES E PRISÕES EM PERNAMBUCO

SEGURANÇA PÚBLICA 

A Madrugada do dia 02.03.17(Quinta-Feira) foi de muito TERROR na AÇÃO CRIMINOSA contra três agências bancárias, viaturas policiais, delegacia, base da Guarda Municipal e contra moradores da cidade Cabo de Santo Agostinho, 8º cidade mais populosa de Pernambuco, localizada há 37 quilômetros de Recife e com acesso pela BR 101 num percurso de aproximadamente 49 minutos. 

No balanço da operação, 6 criminosos da ORCRIM foram abatidos, 10 foram presos e outros 4 conseguiram escapar da terrível troca de tiros com a PM no município de Moreno, local onde os marginais adentraram em um matagal para empreender fuga. 

A operação contou com ações táticas da PRF (POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL) que sobrevôo a área com um helicóptero dando apoio ao GATI da POLÍCIA MILITAR e ao DEPATRI (DEPARTAMENTO DE REPRESSÃO AOS CRIMES PATRIMONIAIS). 

Na operação tensa de perseguição e tiroteio,  10 criminosos foram presos quando tentavam fugir por dentro do Canavial, 6 foram mortos na área de matagal do Município de Moreno, as margens da BR 101. 

O local transformou-se num verdadeiro campo de guerra com intensa troca de tiros usando armamento de grosso calibre, tais como Fuzis AR15, Espingarda Calibre 12, Escopeta de Repetição, Revolveres calibre 38 e Pistola ponto 40, e , entre outros de uso exclusivo das FORÇAS ARMADAS DO BRASIL.

Na perseguição aos marginais foram usados cães farejadores e um helicóptero da PRF(POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL) para sobrevoar o canavial e localizar os criminosos.

Na imagem abaixo enviada pela PRF/PE, pode-se ter uma noção do grande trabalho que os policiais tiveram para prender os integrantes da ORCRIM. 

A PM identificou que os assaltantes de banco fizeram reféns um grupo de trabalhadores para serem usados como ESCUDO HUMANO, levando-os em direção à entrada da Mata Sul pela BR 101, onde foram libertados posteriormente. 

Todos os reféns eram moradores do Cabo de Santo Agostinho/PE, foram abordados covardemente pelos meliantes no momento em que seguiam viagem num ônibus para o trabalho, sendo obrigados a descer para servirem de ESCUDO HUMANO.

Eles tiveram que gritar "Sou Refém, Sou Refém, Sou Refém" para não serem confundidos como bandidos e possivelmente serem mortos pela PM.

O ônibus interceptado foi atravessado na BR-101, paralela à Avenida Getúlio Vargas, onde ficam as agências bancárias. 

Para dificultar mais ainda as ações táticas da PM, uma quantidade grande de GRAMPOS (PREGOS ENFOQUILHADOS) foi jogada na pista para furar os pneus das viaturas da PM, além de blocos colocados em frente ao banco Itaú.

Um homem que passava de carro pelo local também foi abordado pelos marginais, os quais alvejaram o veículo violentamente, porém o condutor não sofreu ferimentos.

Outro cidadão que passava de moto pela BR 101 também foi abordado pelos marginais, e como se recusou a parar, foi alvejado com um tiro na perna sendo socorrido no local após os marginais evadirem-se do local.

Ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento, transferido logo em seguida para o Hospital Dom Hélder, também em Cabo de Santo Agostinho, onde recebeu atendimento especializado para os devidos procedimentos cirúrgicos. 

Todos os reféns foram resgatados pela PM e encaminhados para a sede do DEPATRI (Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais), no bairro de Afogados em Recife, onde prestaram depoimento. 

Informações dão conta de que dos 20 integrantes da QUADRILHA CRIMINOSA, 6 foram mortos, 10 foram presos e outros 4 conseguiram fugir levando uma alta soma em dinheiro roubado dos caixas dos bancos Itaú, Brasil e Caixa. 

A suspeita é que nesta AÇÃO CRIMINOSA, mais de outras 10 pessoas estariam envolvidas e em alerta nas imediações para dar cobertura aos 4 criminosos que fugiram com o dinheiro roubado dos caixas dos Bancos Itaú, Brasil e Caixa.

Segundo informações de funcionários dessas agências, os bancos estão sem previsão de retorno em suas atividades, prejudicando a vida da população de CABO DE SANTO AGOSTINHO, a qual ficará sem acesso a movimentações bancárias nestas agências. 

No calor do confronto com as FORÇAS DE SEGURANÇA, os 4 assaltantes que conseguiram escapar levando uma alta soma em dinheiro, só conseguiram fugir por outro caminho devido aos outros comparsas terem sido feitos de isca na perseguição para facilitar a fuga, e ainda, pela cobertura de outros envolvidos. 

Dos veículos que foram utilizados pelos criminosos, possivelmente roubados, um Fiat Palio 1.6 Sporting de cor vermelha, ano 2014 / 2015, de placa PUJ-2348 da cidade de São Paulo – SP, foi encontrado abandonado na BR 101 próximo ao canavial do município de Moreno.

Um Outro veículo abandonado dentro do Canavial no município de Moreno foi um Cruze Hatch LTZ GM Chevrolet de cor branca, ano 2015, com placas de número QGJ-0003 da cidade de Mossoró/RN, possivelmente roubado para a prática da AÇÃO CRIMINOSA. 

Esta TERRÍVEL AÇÃO CRIMINOSA ACENDE o BOTÃO AMARELO DE ALERTA TOTAL para todos os estados do Brasil, reafirmando o avanço da OUSADIA e do PODERIO BÉLICO das ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS que DESAFIAM as FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA dos estados, por conta do acesso e aparelhamento com ARMAS DE GUERRA para espalhar o TERROR, o MEDO, o PÂNICO, MORTES, DESTRUIÇÕES e PREJUÍZOS IRREPARÁVEIS à VIDA e ao PATRIMÔNIO PÚBLICO, além de revelar a fragilidade da SEGURANÇA PRIVADA das INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS e da própria SEGURANÇA PÚBLICA de cada estado. 

O GATI (GRUPO DE AÇÕES TÁTICAS DO INTERIRO) da POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO divulgou as apreensões do armamento pesado, revelando o PODERIO BÉLICO dos assaltantes: 

1) 3 fuzis AR-15 com capacidade de derrubar aeronaves e perfurar carros blindados; 

2) 6 pistolas ponto 40; 

3) Excesso de Munições; 

4) Carregadores; 

5) Explosivos; 

6) Submetralhadora de fabricação israelense; 

7) Escopeta de repetição;

8) 2 revólveres calibre 38; 

9) 6 Coletes a prova de bala roubados da Polícia Civil de Alagoas e do Rio Grande do Norte; 

10) Rádios de Comunicação; 

11) Smartphones; 

12) Relógios banhado a ouro; 

13) Farda do Exército Brasileiro;

14) Luvas e Facas; 

JORNAL DO CENTRO

DO TAMANHO DO BRASIL

CABO DE SANTO AGOSTINHO/PE

03.03.17

SEGURANÇA PÚBLICA

ASSISTA ABAIXO AS DECLARAÇÕES DE UM TRAFICANTE

DO COMANDO VERMELHO AMEAÇANDO MATAR POLICIAIS DO RIO.

Traficante do Comando Vermelho no Morro do Juramento, ostentando fuzil AR-15 e Ouro ameaça matar Policiais do Rio.

Publicado por Portal do Centro Rio de Janeiro em Sábado, 11 de março de 2017 

O clima no Rio de Janeiro é de GUERRA CIVIL contra as FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA, que logo após o FIM do REGIME MILITIAR DE 64, perderam a sua musculatura, autoridade e isonomia, por conta de sua submissão à um ESTADO OPRESSOR composto pela CLASSE POLÍTICA CRIMINOSA E CORRUPTA que se  autodenomina “democrática”. 

Todos os dias, o número de mortes no estado do Rio aumenta o desespero e a insegurança dos cariocas, reféns há mais de 30 anos das AÇÕES TERRORISTAS DO  PODER PARALELO que comando Morros, Favelas e cidades do Rio de Janeiro para manter o sucesso do COMÉRCIO DAS DROGAS.

Por conta disto, estes TRAFICANTES não medem esforços para matar pessoas sem dó e nem piedade, incluindo policias militares e civis,  alvos em potencial na lista negra das ORCRINS/RJ. 

Cenas dramáticas da violência do Rio não comovem o coração dos GENERAIS DAS FORÇAS ARMADAS, que ainda continuam submissos a "autoridade suprema" de um presidente da república CORRUPTO, CLEPTOCRATA, CORRUPTOR e ALVO DE INVESTIGAÇÕES da OPERAÇÃO LAVA JATO por acusações de recebimento de PROPINAS para favorecer negociatas com empreiteiras. 

As companhias da Polícia Militar e Civil do Rio estão no seu limite, sofrendo os reflexos da CRISE POLÍTICA que se instalou por conta dos ATOS DE CORRUPÇÃO e SAQUEAMENTO DOS COFRES PÚBLICOS realizados pelo CRIME POLÍTICO ORGANIZADO NO RIO. 

Não somente isto, mais devido ao desserviço de um JUDICIÁRIO totalmente favorável à criminalidade, inúmeras mortes de policias militares vem sendo registradas, colocando a PM/RJ em alerta total. 

Policiais Civis, Militares e seus familiares já não dormem mais em paz dentro de suas próprias casas no Rio, pois a sensação sempre é a de que estão cercados pelos olheiros do PODER PARALELO à serviço do TRÁFICO DE DROGAS e sua perpetuação.

Tal sensação é real e vem causando um estado de extrema INSERGURANÇA, IMPOTÊNCIA e CONVULSÃO SOCIAL. 

O TERROR, o MEDO e o CAOS SOCIAL são as prioridades das ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS DO RIO, que atuam em nome do sucesso  e da prosperidade do COMÉRCIO DAS DROGAS, com acesso a COMPRA DE ARMAS E MUNCIÇÕES DE USO RESTRITO DAS FORÇAS ARMADAS para fazer do estado do RIO, um terreno só deles como o PODER PARALELO mais terrível e indissolúvel dos últimos 32 anos de "democracia" no Brasil. 

Por conta das ações CRIMINOSAS e com REQUINTES de TERROR, planejadas pelo COMANDO VERMELHO DO RIO(CV), várias mortes são registradas na delegacia de homicídios, onde os cadáveres de POLICIAIS MORTOS A SERVIÇO DA SEGURANÇA DO CIDADÃO DO RIO, se juntam à outros de pessoas humildes da sociedade que jamais voltarão a vida.

Vários vídeos gravados por integrantes do CV têm sido publicados na internet e compartilhados via celular e web, onde mensagens criminosas de ameaça contra policiais militares viralizam na rede. 

O vídeo que você assistiu acima é a prova material da determinação dos TRAFICANTES DO COMANDO VERMELHO para matar a tudo e a todos que cruzarem em seus caminhos tentando impedir o COMÉRCIO DA DROGA nos MORROS DO RIO. 

No último dia 19.11.16 (Sábado), mais um Helicóptero da PM/RJ foi derrubado pelos TRAFICANTES, enquanto sobrevoava a região da Cidade de Deus, zona oeste do Rio. 

O terrível atentado terrorista tirou a vida de 4 BRAVOS GUERREIROS DO GRUPAMENTO AÉREO DA PM/RJ, que morreram na queda do Helicóptero modelo Fênix, totalmente inadequado e frágil para a prestação de um serviço de patrulhamento militar em uma área de alto risco e poder de fogo.

O estado do Rio de Janeiro, comando pelo CRIME POLÍTICO ORGANIZADO, é um vetor de grandes tragédias aos POLICIAIS MILITARES E CIVIS, já que envia seus agentes para um campo minado sem nenhum recurso à altura dos riscos emergentes. 

A dor de luto das famílias dos POLICIAIS MILITARES mortos na queda do Helicóptero,  nunca mais poderá ser reparada devido ao óbito do major Melo, capitão Schort, subtenente Barbosa e sargento Félix, HERÓIS MILITARES QUE SE TORNARAM MÁRTIRES NA GUERRA QUE NUNCA TEM FIM CONTRA O PODER PARALELO NA CIDADE DO CARNAVAL E DO TRÁFICO DE DROGAS. 

Após assistir este vídeo, um agente da POLICIA MILITAR DO RIO  que pediu segredo em sua identidade ao JORNAL DO CENTRO RIO DE JANEIRO deu um recado duro aos integrantes do COMANDO VERMELHO DO RIO. 

Nossa reportagem sempre preserva a fonte das informações, respeitando fielmente os princípios da ética moral e profissional ao bom jornalismo. 

O agente policial REVOLTADO deu seguinte RECADO em relação ao vídeo: 

“Agora pode vir toda a cúpula dos DIREITOS HUMANOS PARA CRIMINOSOS pra cuidar apenas de cadáveres desses vermes que serão espalhados pelas FAVELAS DO RIO. Pra mim BASTA!.” 

Os ATAQUES DO CV (COMANDO VERMELHO) contra a vida de POLICIAIS MILITARES do Rio foram intensificados logo após o BOPE/PM/RJ (BATALHÃO DE OPERAÇÕES ESPECIAIS DA POLÍCIA MILITAR) ter matado cerca de 80 TRAFICANTES DO COMANDO VERMELHO de uma SÓ vez dentro das FAVELAS DO RIO, em resposta à morte dos POLICIAIS MILITARES que perderam a vida após o Helicóptero da PM/RJ ter sido derrubado por TRAFICANTES do COMANDO VERMELHO.

Os Chefões do Tráfico de Drogas nos Morros do Rio, líderes da maior e mais violenta FACCÇÃO CRIMINOSA do país, surtaram com a resposta implacável das FORÇAS DE SEGURANÇA DO RIO, decretando que a partir do dia 21.11.16, o COMANDO VERMELHO intensificaria uma forte perseguição aos policiais militares do Rio de Janeiro para matá-los.

JORNAL DO CENTRO

DO TAMANHO DO BRASIL

RIO DE JANEIRO / RJ 

21.11.16

" />