+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

PREFEITO DE TERESINA CONHECE CRIANÇA AGREDIDA EM ESCOLA.

PREFEITO DE TERESINA CONHECE CRIANÇA AGREDIDA EM ESCOLA.

EDUCAÇÃO

PREFEITO DE TERESINA CONHECE CRIANÇA

AGREDIDA EM ESCOLA DO MUNICÍPIO DE TERESINA.

No dia 25 de Outubro de 2012, no Clube dos Cem, o prefeito de Teresina Firmino Filho( PSDB), foi abraçado pela família da criança agredida, que apoio sua campanha a prefeitura de Teresina nos dois turnos das eleições.

Nesta foto, a criança agredida dentro de escola da prefeitura, aparece ao lado do prefeito eleito, num comício de 2º Turno em que a família e apoiadores estiveram confirmando a preferência pelo aludido gestor público.

O garoto conta que gostava muito de ouvir e cantar a musiquinha da campanha do atual gestor, que na época, familiarizava-se com uma estória infantil.

Atualmente a família declarou a nossa reportagem que:

“Firmino Filho e PSDB, nunca mais”.

A família da criança agredida afirmou ainda, que a Educação Pública piorou no governo do PSDB do prefeito Firmino Filho, que contabiliza várias escolas com desabamento de TETO sobre crianças inocentes, além de uma total desconexão com o ECA(Estatudo da Criança e do Adolescente), dos valores da família, da pátria, da Educação Moral e Cívica e dos valores cristãos.

O caso da criança agredida por um professor de judô, dentro de uma escola administrada pela Prefeitura de Teresina, está repercutindo vertiginosamente em todos os cantos do Brasil e do Mundo, e agora, dentro do Ministério Público da Educação do estado do Piauí.

Na última quarta feira, 16.09.15, foi registrado um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente, por conta do infante com iniciais: N.D.A.N, que estuda na escola Professor Didácio Silva, localizada na Zona Sula de Teresina, ter sofrido agressão física do próprio professor de judô daquela escola, conhecido como Wilson Cardoso.

A família da criança que foi agredida, dirigiu-se até a escola para tirar satisfação com a diretora por nome de: Antonia Osmelinda Gomes de Carvalho, que no primeiro momento mentiu descaradamente, dizendo que o agressor já tinha saído para o almoço.

A mentira cabeluda foi derrubada instantaneamente, quando, o acusado cruzou um dos corredores sendo logo chamado pelo pai da criança a dar satisfação sobre a agressão.

O pai da criança conta que o acusado se aproximou de forma agressiva e exaltada, chamando o infante  de “CARA DE PAU” e “SEM VERGONHA”, e negava agressão com ofensas morais aos familiares presentes.

Diante do baixo nível de diálogo do acusado, e, por conta de sua postura soberba e arrogante, o pai do infante que foi agredido, acionou a Policia Militar para conduzi o agressor até o Distrito Policial mais próximo, ato que não se consumou devido ao despreparo jurídico, descoordenação operacional e falta de capacitação militar para agir em benefício da vítima, conforme o ECA(Estatuto da Criança e do Adolescente);

O que diz a LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990.

ART. 5º.: NENHUMA CRIANÇA OU ADOLESCENTE SERÁ OBJETO DE QUALQUER FORMA DE NEGLIGÊNCIA, DISCRIMINAÇÃO, EXPLORAÇÃO, VIOLÊNCIA, CRUELDADE E OPRESSÃO, PUNIDO NA FORMA DA LEI QUALQUER ATENTADO, POR AÇÃO OU OMISSÃO, AOS SEUS DIREITOS FUNDAMENTAIS.

Diante deste artigo da Lei, justifica-se dizer, que a Polícia Militar do estado do Piauí está descoordenada em suas operações policiais, despreparada em relação ao conhecimento dos artigos da Lei, e ainda, sem capacitação adequada para poder prestar o serviço de segurança publica ideal, conforme o que diz a Constituição Federal no artigo 144.

A SEGURANÇA PÚBLICA, DEVER DO ESTADO, DIREITO E RESPONSABILIDADE DE TODOS, É EXERCIDA PARA A PRESERVAÇÃO DA ORDEM PÚBLICA E DA INCOLUMIDADE DAS PESSOAS E DO PATRIMÔNIO, ATRAVÉS DOS SEGUINTES ÓRGÃOS:


I - POLÍCIA FEDERAL;

II - POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL;

III - POLÍCIA FERROVIÁRIA FEDERAL;

IV - POLÍCIAS CIVIS;

V - POLÍCIAS MILITARES E CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES.

Os policias militares podem ser truculentos ou amissos quando querem ser, portando sua arma e o seu distintivo de autoridade policial em sua função publica, porém, são raros o que fazem uso adequado das orietanções importantes da LEI, portando em suas consciências o verdadeiro dever de cumprir de seu DEVER DE OFÍCIO

Em países sérios, que preparam bem seus policias para agirem em favor do cidadão de bem, infratores dos direitos da Crianças e do Adolescente já estariam atrás das grades.

No entanto, no Brasil o bandido é o protegido da Polícia e o cidadão é o que está em risco sem a ação eficiente das forças de segurança pública.

É por motivos como estes, que podemos afirmar que o Brasil, a começar por Teresina capital do Piauí, as Forças Armadas precisam promover a Intervenção Militar Federal, com intuito de realizar uma FAXINA GERAL em todos os setores da Política, com único objetivo de resgatar a ideologia da UNIDADE E DO DESENVOVLVIMENTO NACIONAL SUSTENTADO.

PORTAL DO CENTRO TERESINA/PI 
DO TAMANHO DO BRASIL
23.09.15

 CURTA NOSSA PÁGINA E RECEBA NOTÍCIAS EM TEMPO REAL 

https://www.facebook.com/portaldocentroteresina.pi/