+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Terça
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sábado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previsão 7 Dias

MULHERES CRISTÃS NO LIMITE DECLARAM GUERRA CONTRA ATENTADOS TERRORISTAS

MULHERES CRISTÃS NO LIMITE DECLARAM GUERRA CONTRA ATENTADOS TERRORISTAS

MULHERES CRISTÃS NO LIMITE DECLARAM GUERRA CONTRA ATENTADOS TERRORISTAS

DEFESA INTERNACIONAL

Ao contrário do conformismo do povo brasileiro em relação a INSEGURANÇA PÚBLICA que assola o país inteiro, mulheres libanesas empunham armas de grosso calibre para enfrentar os terroristas do ISIS que tentarem promover ataques genocidas.

Mulheres cristãs em uma aldeia libanesa, abalada com duas ondas de ataques suicidas mortíferos no final do mês de Junho de 2016, estão pegando em armas, prometendo proteger suas casas e suas famílias.

Elas prometerm enviar quaisquer jihadistas direto para o inferno, caso estes tentem novamente promover ataques terroristas na região.

Um dia depois de ATO TERRORISTA DO ISIS (ESTADO ISLÂMICO), que matou cinco libaneses, causando ferimentos em  muitos outros por conta dos ataques suicidas na vila fronteiriça cristã de Qaa, mulheres cristãs da cidade foram fotografadas patrulhando as ruas, armadas com fuzis de grosso calibre e alto poder de fogo.

Durante um funeral em Qaa no dia 29 de junho de 2016, ouve pranto, dor e muito choro das mulheres libanesas sobre o caixão de Joseph Louis, que morreu após um dos ataques suicidas em sua aldeia.


O povo Libanês leva muito a sério as ameças dos terroristas do ISIS, contra a segurança pública de toda a sociedade libanesa.

O fato de um funeral de um cidadão Libanês, é motivo de fúria sagrada sem LEI e sem FRONTEIRAS, que para os cristãos do Líbano, já no limite de suas proprias razões e forças, reuniram-se de forma sólida e estratégica para mostrar aos terroristas o quanto amam a própria vida e a vida das famílias libanesas.

Isso deveria acontecer no Brasil, já que os governos são incapazes  de assegurar o cumprimento do próprio DEVER DE OFÍCIO, e fracassaram no cumprimento fiel do artigo 144 da Constituição Federal.

No Brasil, o Governo Federal fracassou em assegurar os direitos fundamentais à sociedade, por conta da tamanha corrupção que se envolveu, chegando ao ponto de se tornar investigado e eminete réu em operações do Judiciário Federal.

Por conta diso, o Governo Federal fica impedido de AGIR exemplarmente em prol dos direitos fundamentais, descritos no artigo 5º da Constituição Federal de 1988, que diz:

Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do:

direito à vida,

à liberdade,

à igualdade,

à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: .......

Foram publicadas fotografias na imprensa internacional pela Reuters, tiradas por Hassan Abdallah,  apresentando três mulheres cristãs empunhando armas de uso exclusivo das FORÇAS ARMADAS.

Ao falar com os jornalistas, elas criticavam com grande fúria as ações dos terroristas enquanto caminhavam pelas ruas de Qaa, juntamente com o legislador  libaneses Fares Marwan. 

Em uma entrevista com o grupo libanês que defende a proteção da Assíria, Caldeias e Cristãos Siríacos, uma mulher cristã anônima vivendo em Qaa, afirmou que ela e outros na aldeia não vão a lugar algum, apesar dos perigos e proximidade do conflito sírio de uma GUERRA CIVIL  contra o Estado Islâmico e outros grupos terroristas.


"Nós não vamos permitir que o Líbano se torne um novo Iraque",

"Nós não vamos fugir, pois temos as armas e estamos prontas para proteger nossa famílias e a sociedade libanesa." Alertou.

Uma das libanesas do grupo de proteção à Síria, contesta a ilusão dos jihadistas islâmicos que acreditam que ao morrerem à serviço do ALCORÂO e de ALÀ, teriam 72 duas mulheres virgens em outra vida.

Para esta senhora libanesa que empunhava uma metralhadora AK 47, os jihadistas islâmicos que tentarem outro ataque terrorista na região, serão enviados em linha reta para queimar no inferno junto com os demônios que os ensinaram a matar pessoas indefesas e inocentes.

Ela prometeu fazer pior  do que os terroristas fizeram contra os libaneses, caso pretendam  chegar a sua cidade novamente.

JORNAL DO CENTRO/BR
DO TAMANHO DO BRASIL 
07.07.16