+35
°
C
+38°
+27°
Teresina
Segunda, 07
Tera
+37° +21°
Quarta
+38° +22°
Quinta
+38° +23°
Sexta
+37° +27°
Sbado
+37° +25°
Domingo
+36° +26°
Ver Previso 7 Dias

ABASTECIMENTO NÃO FUNCIONA E O LOURIVAL PARENTE FICA SEM ÁGUA.

ABASTECIMENTO NÃO FUNCIONA E O LOURIVAL PARENTE FICA SEM ÁGUA.

ABASTECIMENTO

Parece piada a forma de administração pública da AGESPISA, atual gestora do abastecimento de água e saneamento básico do estado do Piauí.

O maior bairro da zona Sul de Teresina, o Lourival Parente, com quase 10 mil casas, ficou sem água na última sexta-feira(16.09.16), e ainda nesta quarta-feira(21.09.16), cutucando com vara curta mais de 40 mil pessoas.

O ABASTECIMENTO DE ÁGUA não funcionar direito, prejudicando todas as atividades diárias da população do bairro Lourival Parente, e comprometendo a vida normal do povo.

Sem nenhum padrão de qualidade no tratamento da água, o desrespeito ao povo do Piauí parace ser prioridade para a AGESPISA, que segue atuando ao bel prazer, da forma que convier a ela no setor de tratamento, abastecimento de água e saneamento básico.

Uma das mentiras inventadas por interlocutores da AGESPISA ,é que em certos bairros a água não tem força para chegar as torneiras da população.

Outra mentira da AGESPISA, é a cobrança de TAXA E MANUTENÇÃO DE HIDRôMETRO, inserida em todas as faturas dos consumidores do estado do Piauí, que teria que realmente ser para tal serviço, mas não é.

Neste item, os mais de 1 milhão de domicílios no estado, pagam indevidamente um TAXA ABUSIVA e desnecessária, que só faz enriquecer os cofres de tal companhia, a qual nunca usará para o devido fim nformado nas faturas emitidas aos consumidores piauienses

Outra mentira da AGESPISA é a sua gestão de tratamento de águas aos padrões estipulados pela LEI, isso por conta da água barrenta que chega nas torneiras, impróprias para consumo humano.

O Ministério Público Federal do Piauí tem que sair as ruas em caráter de urgência para medir a qualidade da água, fazer uma consulta pública nos bairros, a começar pelo bairro Lourival Parente,  colhendo depoimentos sobre a FALTA DE ÁGUA motivada pelo fechamento do REGISTRO GERAL na unidade Parque Piauí, zona sul de Teresina, e não por uma suposta escassez de água nos rios.

Teresina tem dois rios perenes na porta de casa, o Parnaíba e o Poty, os quais precisam ser assistidos também pelo MPF/PI em questões de suas AREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE, o que não pode se tornar em caso de omissão, negligência e descaso público, além da cobrança de projetos de plantio de mais árvores nas margens do rio, com objetivo de polarizar água das chuvas e estimular a biodiversidade da fauna e da flora.

A população de Teresina está sofrendo com a incompetência administrativa da AGESPISA, em termos de falta de padrões técnicos e humanos para atender a demanda de Abastecimento de água nos bairros da cidade de  Teresina.

A Falta de Água nas torneiras da casa do povo, mesmo com talões de água em dia e com dois rios perenes na porta de casa, é um convite irrecusável da AGESPISA para que a população comece uma guerra contra os ABUSOS.

Isso já vem acontecendo em bairros mais afastados, atingindo em cheio a imagem já queimada do desgoverno do chaveirinho de LULA, o governador W.DIAS/PT, que manda na AGESPISA.

A única mensagem que o governador W. Dias/PT passa a população de Teresina, é que esta deve se conformar com a FALTA DE ÁGUA, ficar com sede junto com sua família, e ainda, sem direito de reclamar.

A quem realmente o povo irá reclamar a FALTA DE ÁGUA, já que a maioria dos canais de comunicação estão à serviço exclusivo do governo do Estado, e portanto, censurados em noticiar o sofrimento da população por força do dinheiro público.

Essa matéria foi motivada por inúmeras reclamações do povo do Lourival Parente,

A população já não tolera mais serer tratada com desacaso pelo governo do Estado do Piauí, e ainda, pela falta de compromisso doprefeito Firmino Filho do PSDB, por conta de  tamanha humilhação e desumanidade.

Isso por conta do desrespeito e da falta de compromisso com as LEIS, que asseguram a população o DIREITO BÁSICO DE ACESSO À ÁGUA.

Agora cabe ao MPF/PI tomar as providências, notificando a AGESPISA e resolvendo o problema, antes que o povo mostre nas ruas a sua indignação e a sua força

PORTAL DO CENTRO

 

DO TAMANHO DO BRASIL

TERESINA SUL / PI

 

21.09.16